Apertar um parafuso: R$1,00
Saber qual parafuso apertar: R$999,00
Descobrir qual é de fato o problema a ser resolvido, que pode nem ter a ver com o parafuso: Não tem preço!

Há 20 anos, no início da faculdade de Desenho Industrial, li uma frase de Henry Ford que não saiu mais da minha cabeça e norteia meu pensamento sempre ao projetar:

“Se tivesse perguntado às pessoas o que elas queriam, elas diriam cavalos mais velozes”.

✋🏻 Não é sobre o que as pessoas dizem que querem, é sobre o que elas sentem e realmente precisam. E às vezes, nem elas mesmas sabem.

Design não é apenas um visual atraente. De nada adianta um layout magnífico se ele não faz com que o usuário clique onde precisa ser clicado, ou leia o que precisa ser lido, por exemplo.

✋🏻 Não é sobre julgar por um rostinho bonito, é sobre a essência.

Diversas empresas e líderes não visualizam o valor disso, querem a logo do lado de lá porque fica esteticamente melhor do que do lado de cá, mas não entendem que ali ela não será vista e que, se esse é o objetivo, há muitos fatores por trás pra atingi-lo: padrões de escaneamento, heurísticas, leis da psicologia etc. Escolhem o que julgam “mais bonito” em detrimento do que vai ter mais resultado. Não estou dizendo que a estética não é importante, claro que é! Mas ela precisa estar equilibrada com o que funciona.

✋🏻 Não é sobre produzir algo que você acha que é bom e ter esperança de que funcione, é sobre entender o por que, pra quem, onde e quando, como e o que precisa pra funcionar.

Se você precisa que o usuário clique em um botão, a escolha da cor não pode ser simplesmente a que “agrada mais”, mas sim a que vai gerar mais cliques, dentro obviamente, de uma harmonia. Não é sobre gosto pessoal, é sobre raciocínio centrado no usuário.

Esse ano tive a oportunidade de mergulhar de cabeça em tudo o que citei acima, que é o que faz mais sentido pra mim enquanto projetista. Sempre utilizei o que já tinha de conhecimento a respeito, mas queria ir além, me aprofundar. Entendi porque sempre fui tão apaixonada por essa área.

✋🏻 Porque não é sobre apenas exercer uma profissão e entregar jobs, é sobre empatia.

Não poderia deixar de dedicar este artigo a um profissional que é referência em UX, que admiro muito e sinto o maior orgulho de ser aluna, e me possibilitou retornar a esse universo de forma incrível: Leandro Rezende, do UX Unicórnio. Um agradecimento também ao Rafael Frota, suporte sempre presente ao lado do Leandro.

Sou uma UX Designer completamente apaixonada por buscar soluções que estejam de fato baseadas nas reais necessidades do usuário.